Just another WordPress.com weblog

Minimalismo na Moda

Minimalismo se refere a movimentos culturais e artísticos, como a pintura, que procurava uma redução de cores na sua composição e a busca por formas simples, geométricas. A escultura partia do mesmo conceito, o simples sendo trabalhado e até a repetição de elementos na composição. Tudo isso se liga com a expressão ‘menos é mais’, sempre utilizada na moda e claro, por nós, principalmente em alguns momentos na hora de se vestir, ou sempre, dependendo da pessoa. E parando para pensar, essa expressão descreve bem os movimentos artísticos do minimalismo, termo usado sempre, até mesmo por sites na hora de descrever o ponto de partida do estilista na elaboração do Desfile. Coco Chanel, ícone da moda que promoveu uma mudança no modo de se vestir das mulheres de sua época, foi uma Estilista que partiu bem desse conceito para ter suas idéias, tornando famosas peças elegantes e sóbrias conhecidas até hoje e pontos de referência.

( Coco Chanel )

( Audrey Hepburn no filme Breakfast at Tiffany’s: Vestido com o conceito Chanel )

O minimalismo na moda é caracterizado, além da busca pela elegância e pelo clean, pela alfaiataria, cartela de cores reduzida (lembram do inicio do post?) e claro, pela tecnologia. Porém, tem um elemento que vive presente no design desse movimento (decoração de interiores, por exemplo) e nas passarelas: a geometria. Como detalhe ou como o todo de um look, ela cada vez mais é usada, como as ombreiras ousadas que são tendências que voltaram com tudo nesses últimos tempos e foram vistas nas passarelas de grifes como Balmain.

( Chanel por Karl Lagerfeld: Minimalismo na composição e detalhes geometricos, em mais evidência no vestido da segunda foto )

( Yves Saint Laurent por Stefano Pilati: Clean e alfaiataria impecável )

( Balenciaga por Nicolas Ghesquière: A tecnologia no look chic e clean )

Dica para se vestir dentro desse conceito? Apostar em peças boas e sóbrias visualmente falando, com um corte diferente, ousado. Para a noite, procure vestidos com cores reduzidas e busque detalhes ricos neles, lembrando que esses detalhes também podem ser um sapato ou bolsa, que de uma forma ou de outra case com o que você está vestindo. Lembrando que não necessariamente combinar cores.

Espero que com esse ‘resumo’ tenha conseguido de modo objetivo falar da história do ‘menos é mais’ e das inovações ao longo do tempo. Afinal, a moda sempre aprimora e nos apresenta diversas possibilidades dentro dos nossos gostos pessoais. E estar ‘básico’ pode representar muito mais do que o sentido literário, dentro de um leque de opções você pode estar clean e chamar a atenção por onde passar, ao mesmo momento.

bydan.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s